PIMENTA DO REINO EM PÓ 70G MARGO ALIMENTOS

PIMENTA DO REINO EM PO 70g – MARGO ALIMENTOS

A pimenta do reino é um dos temperos mais utilizados no Brasil e no mundo. De origem indiana, a pimenta do reino é um dos temperos mais antigos e comercializados do mundo. Podendo ser usada no preparo do alimento cozido, marinado, ou na finalização do prato, salpicando.

Peso: 70g
Cód Fab: 608
Cód Barras: 7898665110430

CAIXA: 10 UNIDADES

Descrição

PIMENTA DO REINO EM PÓ 70g – MARGO ALIMENTOS

pIMENTA DO REINO EM PÓ

 

PALAVRAS CHAVES:

pimenta do reino

pimenta do reino faz mal

moedor de pimenta do reino

pé de pimenta do reino

pe de pimenta do reino

benefícios da pimenta do reino

beneficios da pimenta do reino

pimenta do reino beneficios

pimenta do reino benefícios

como usar pimenta do reino para emagrecer

 

Pimenta-do-reino: mocinha ou vilã? Conheça os benefícios e alertas de seu consumo. De sabor picante e aromático, a pimenta pode garantir muitos benefícios para a saúde.

Dentre os pratos estão: sopas, saladas, verduras, suflês, ovos, carnes, frangos, peixes.

São inúmeros os benefícios da pimenta do reino: ajuda na digestão, ativa o sistema circulatório, melhora o estado de humor, atua na cognição e memória, ação termogênica, efeito anti-inflamatório, função antioxidantes, dentre outros. Conheça toda a linha de produtos Premium Margo Alimentos.

Também conhecida como pimenta-preta, a pimenta-do-reino é um dos temperos mais utilizados no Brasil e no mundo. É considerada um nutracêutico, ou seja, um alimento capaz de proporcionar benefícios à saúde, como a prevenção e o tratamento de doenças, contando sempre com comprovação cientifica. De sabor picante, esta especiaria possuir variedades de cores e sabores, adicionando mais sabor aos alimentos.

Originária da Índia, este tempero é utilizado desde a Antiguidade, tendo maior procura a partir do século XIV, quando a dificuldade em obtê-lo aumentou o seu valor, tornando-se parte da história mundial devido as expedições em busca de especiarias, as quais inclusive mudaram o mapa mundial, possibilitando a descoberta de novos países. Atualmente o Brasil é um dos maiores produtores deste tempero.

Os benefícios que a pimenta-do-reino oferece

Muito utilizada na medicina alternativa, a pimenta é rica em ferro, cálcio, zinco, potássio, magnésio, cromo, manganês e vitaminas A e C. Confira a seguir alguns dos benefícios proporcionados pelo seu consumo de acordo com a nutricionista:

Função antioxidante: ela é capaz de diminuir a produção de radicais livres, substâncias tóxicas que podem trazer alguns malefícios ao organismo, como facilitar o aparecimento de células cancerígenas.

Ação termogênica: “assim como a maioria das pimentas, este tempero tem um efeito emagrecedor, já que acelera o metabolismo, resultando em um aumento do gasto calórico”, explica a profissional.

Efeito anti-inflamatório: segundo Ana Paula, existem vários estudos que comprovam esta ação da pimenta-preta, aliviando até sintomas de doenças reumáticas como artrite e artrose.

Melhora o estado de humor: como esta especiaria ajuda a estimular a produção de serotonina, ela promove uma sensação de felicidade, causando uma melhora do humor.

Melhora a absorção de alguns nutrientes: “ela possui uma ação que aumenta a biodisponibilidade de alguns nutrientes como betacaroteno, selênio e vitaminas do complexo B, os quais são absorvidos com mais eficácia na presença de piperina”, revela a nutricionista.

Ajuda para uma melhor digestão: sua ação no trato gastrointestinal faz com que aumente a produção de ácido clorídrico, que melhora a digestão das proteínas, evitando sintomas de má digestão.

Ativa o sistema circulatório: seu poder de acelerar o metabolismo ajuda a ativar o sistema circulatório, aliviando dores e prevenindo problemas vasculares.

Estimula a memória e atividades cognitivas: este efeito se dá pela presença da piperina, substância a qual estimula comunicações nervosas.

Tempero de uso recorrente, adicionar a pimenta pode realçar o sabor dos alimentos, além de garantir todos os benefícios acima mencionados. Basta adicionar pequenas porções nas refeições e comprovar seus efeitos.

Os perigos da pimenta-do-reino

Em relação as contraindicações desta especiaria, a nutricionista destaca que pessoas alérgicas a este tempero devem evitá-la. A única ressalva em relação a seu consumo frequente seria devido ao seu ardor, devendo “ser evitada por pessoas que possuem problemas gástricos como gastrite, úlceras, diverticulite e hérnia de hiato”, complementa Ana Paula.

Forma de uso:

A planta é consumida seca, em grãos ou moída. Pode-se acrescentar na receita antes do cozimento e nas marinadas. Também dá para salpicá-la na finalização do prato. Nesse caso, o ideal é  moer na hora para deixar o sabor e o aroma pronunciados.

Com o que combina:

A pimenta-do-reino é um dos condimentos mais apreciados no mundo e vai bem com quase tudo. Ela agrega sabor a todo tipo de carne grelhada, cozida ou assada. Pode ser usada em sopas saladas de verduras e legumes, ovos, omeletes e suflês. Utilize os grãos inteiros no preparo de sopas, caldos, conservas e molhos. Muito utilizada também com: carnes, aves, peixes, camarões, cozidos, churrascos, legumes e queijos.

Com o que não combina:

não se entrosa com doces.

Benefícios nutricionais:

O tempero tem ação antioxidante. E mais: segundo uma pesquisa publicada no periódico Nutrient Journal, ele age nas enzimas digestivas, aumentando a absorção das vitaminas B e C, selênio e betacaroteno durante uma refeição.

Veja também : Cravo da Índia Premium

Você pode se interessar...